Como Fotografar Flores - Dicas e Ideias - Daniel Santos Photography

Publicado a 17/05/2019

Como Fotografar Flores - Dicas e Ideias

A primavera é considerada por muitos a estação do ano mais inspiradora e isso não é por acaso. Durante este período a natureza ganha uma nova vida, as aves fazem-se ouvir com maior frequência e intensidade e grande parte das plantas florescem, pintando vastas áreas das mais diversas cores. O malmequer, a papoila, a erva-das-sete-sangrias e algumas urzes, são apenas alguns exemplos dessas espécies.

As cores vibrantes e as variadas formas das flores proporcionam excelentes oportunidades para conseguir grandes fotografias. Mas não se deixe enganar tão facilmente, apesar de parecer simples, fotografar flores pode ser um verdadeiro desafio. Obviamente não por estas fugirem como os animais, mas sim por ser difícil encontrar composições interessantes e apelativas. No entanto, depois de perceber algumas das ideias e dicas que apresento neste artigo, será capaz de melhorar mais facilmente as suas imagens de flores.

Quando estiver a fotografar flores deve ter todo o cuidado para não danificar as plantas. Por favor, não arranque as flores, mesmo que isso implique uma fotografia de menor qualidade, pois o objetivo da fotografia de natureza é precisamente o contrário, apelar para a conservação da biodiversidade.


Utilize os elementos distrativos a seu favor

As flores são estruturas que se formam muitas vezes junto ao solo e normalmente estão rodeadas por vegetação. Esta vegetação pode ser uma verdadeira distração na imagem final, se não tomar as devidas precauções. Uma decisão tem de ser feita, quer seja incluir ou não incluir estes elementos na sua fotografia. Se pretender não incluir, apenas tem uma opção, que é mudar de posição e tentar uma composição mais “limpa”. No entanto, pode utilizar estes elementos distrativos a seu favor, incluindo-os na fotografia. Para tal deve usar um número f baixo e experimentar afastar-se e aproximar-se da flor até conseguir que estes elementos fiquem o suficientemente desfocados, destacando o sujeito principal. Muitas vezes esta última técnica resulta melhor do que a primeira e quando bem executada a probabilidade de conseguir um excelente resultado é alta.


Aproxime-se e capture os detalhes

As flores são estruturas complexas e detalhadas. Aproxime a sua objetiva e fotografe estes detalhes. A melhor opção para executar esta técnica com sucesso, seria uma objetiva macro, mas existem opções mais baratas no mercado que também funcionam bem, como filtros e tubos de extensão. Mas tenha atenção, pois ao fotografar tão próximo a profundidade de campo será muito reduzida. Apesar de não ser necessário ter tudo focado, muitas vezes é um desafio conseguir a profundidade de campo suficiente. Nestes casos, aconselho a usar uma abertura menor (entre f/8 e f16), ou até pode ser mesmo necessário optar pela técnica focus stacking, dependendo da distância a que está a fotografar o sujeito e da distância focal da objetiva.


Experimente perspetivas diferentes

Não se limite a fotografar ao nível dos seus olhos. Este é um erro que muita gente faz e que limita a qualidade das suas fotografias, tornando-as desinteressantes. Baixe-se ao nível das flores ou até fotografe de cima para baixo, experimente diferentes ângulos para imagens mais dinâmicas. Na realidade é o sujeito e o background que vão ditar o ângulo mais indicado.


Procure padrões, cores e formas

A natureza está repleta de padrões, cores e formas lindíssimas que podemos tirar proveito para fotografar. Tente encontrar esses padrões, quer seja numa única flor ou num conjunto de flores. Nesta imagem utilizei a forma e a cor dos fetos para contrastar com a cor e forma das flores.


Use highlights (luzes altas)

É muito importante ter cuidado com os highlights no background porque facilmente podemos sobrexpor parte da imagem, mas também podemos usá-los para atingir bons resultados. Por exemplo, na primeira fotografia em baixo utilizei a iluminação do background para conseguir as texturas e formas circulares, dando alguma profundidade à imagem e tornando-a muito mais interessante do que se tivesse fotografado a flor completamente na sombra. Na segunda imagem esta técnica permitiu-me iluminar a flor em contraluz e destacar algumas sombras nas pétalas.


Inclua animais e fotografe a paisagem em redor

Tendo em conta que as flores são essenciais para muitos insetos e vice-versa, porque não captar essa relação tão importante para os ecossistemas? Desta forma, adiciona mais um elemento à imagem, ajudando a contar uma história, que poderá ser, por exemplo, o facto uma certa espécie de vespa depender de uma certa flor para sobreviver.


Pode também por optar por usar uma grande angular para captar mais do meio envolvente do sujeito, juntando a fotografia de paisagem e a fotografia de flores. Imagens deste tipo transmitem informação que de outra forma não seria percetível: o tipo de habitat a que estas plantas fazem parte.


Obrigado por ler este artigo. Esteja à vontade para deixar um comentário e para partilhar. Se tiver alguma dúvida, ou se quiser saber mais sobre este assunto, contacte-me.


Comments

Powered by SmugMug Log In